A prisão de Oakwood, em Wolverhampton, no Reino Unido foi no domingo palco de um incidente numa das alas com alguns presos.

Os distúrbios na cadeia, que é gerida por uma empresa de segurança privada desde abril de 2012, duraram pelo menos cinco horas. A imprensa local relatava tratar-se de uma «perturbação grave».

A G4S, empresa responsável pela segurança, anunciou que a situação estava controlada, mas não revelou pormenores sobre como nem o que esteve na origem dos incidentes por considerá-lo «inconveniente».

Um inquérito foi entretanto aberto para apurar as causas da confusão.

Um relatório aos serviços prisionais datado de há uns meses e que a BBC refere, dá conta de que naquela instituição prisional é mais fácil adquirir droga do que sabonete.

Este não foi o primeiro protesto naquela cadeia.