No Brasil, foi decretado estado de calamidade pública, em Natal, onde está a sede do mundial de futebol.

O prefeito da cidade decretou calamidade, por 180 dias, devido às fortes chuvadas que causaram inúmeros estragos e deixaram centenas de pessoas desalojadas.

Em Natal, neste cenário de caos e destruição, jogaram na segunda-feira Estados Unidos e Gana, que os americanos venceram, mas foi preciso esperar pela hora do início da partida para se ter uma noção exata quanto às condições climatéricas. A tempestade que assola a cidade-sede do mundial de futebol, está a ser fustigada, há alguns dias, por um forte temporal. Chuvadas, inundações, deslizamentos de terra. Não há registo de feridos mas os estragos são de perder de vista.