A editora norte-americana Marvel Comics apresentará em fevereiro do próximo ano uma nova personagem de banda desenhada: a super-heróina Kamala Khan, uma adolescente muçulmana de Jersey, capaz de mudar de forma.

De acordo com o jornal «New York Times», a Marvel iniciará, em 2014, uma banda desenhada protagonizada por uma super-heróina muçulmana, numa tentativa de diversificar os conteúdos e as personagens que tem publicado desde finais dos anos 1930.

O jornal revela que a ideia de criar Kamala Khan surgiu de uma conversa entre dois editores da Marvel, Steve Wacker e Sana Amanat, de origem muçulmana.

A história foi entregue a G. Willow Wilson, autora de BD, que se mostrou ansiosa em avançar com o projeto: «Sempre que se faz uma coisa destas, há um bocadinho de risco. Está-se a tentar levar algo aos leitores que estão habituados a ver outras coisas».

A personagem Kamala Khan, que adotará o nome Ms. Marvel depois de descobrir alguns dos seus superpoderes, «é forte, bonita e não sente qualquer peso das origens paquistanesas», afirmou G. Willow Wilson.

De acordo com a editora Sana Amanat, a super-heroína irá debater-se com problemas mais próximos do seu ambiente familiar: um irmão extremamente conservador, uma mãe paranóica e super-protetora, um pai que espera que a filha estude para ser médica.

A autora revelou que a história de Kamala Khan retratará o mundo das adolescentes norte-americanas, em busca de uma identidade mas «na perspetiva de uma americana de origem muçulmana».

Em 2014, além de Kamala Khan, a Marvel irá ainda lançar as bandas desenhadas «She-Hulk« e «Elektra».