O sismo de magnitude 6,2, no Japão, sentido na madrugada desta segunda-feira provocou, pelo menos, 11 feridos e fez tremer edifícios no centro de Tóquio, não havendo risco de tsunami, segundo informou a Agência Nacional de Meteorologia.

"Foi um sismo muito profundo, do tipo que normalmente não gera réplicas", disse um sismólogo da agência meteorológica em conferência de imprensa.

No entanto, como medida de precaução, o sismólogo alertou para o risco de pequenos tremores nas próximas.