A pequena ilha descoberta no Japão a 20 de novembro continua a crescer devido à atividade vulcânica. Trata-se do primeiro ilhéu a surgir de uma erupção no arquipélago Ogasawara nos últimos 40 anos e fica a cerca de mil quilómetros a sul de Tóquio.

A guarda costeira declarou que a recém-formada ilha duplicou de tamanho e tem agora 250 metros de largura e 200 de comprimento, noticia a Euronews.

Na altura em que a ilha foi descoberta as autoridades nipónicas mostraram-se bastante satisfeitas. «Se o nosso território puder expandir-se, tanto melhor. Se esta ilha puder tornar-se uma ilha a sério, então isso quererá dizer que, de facto, o nosso território se tornou maior», afirmou, sorridente, Yoshihide Suga, chefe de gabinete do secretário de Estado japonês.

O Japão tem uma superfície de 377 mil km², dispersos pelas 6852 ilhas do arquipélago. As quatro maiores, Honshu, Hokkaido, Kyushu e Shikoku, representam 97% da área total do país.