Israelitas e palestinianos acordaram o estabelecimento de um novo cessar-fogo, de 72 horas, na Faixa de Gaza, a começar às 05:00 TMG (06:00 de Lisboa) de terça-feira, anunciou um dirigente egípcio.

«Os contactos do Egito com as partes relevantes conduziram a um compromisso com um cessar-fogo de 72 horas em Gaza, a partir das 05:00 TMG de amanhã [terça-feira] e a um acordo para que as restantes delegações relevantes venham ao Cairo para conduzir mais negociações», disse esta fonte à AFP.

Uma delegação palestiniana, incluindo representantes do Hamas, tem estado envolvida em negociações no Cairo, com mediadores egípcios, para uma trégua durável na Faixa de Gaza, mas Israel ainda não enviou negociadores para a capital egípcia.

Gaza: ONU realiza «reunião informal» plenária quarta-feira a pedido de árabes

A assembleia-geral da ONU vai reunir «informalmente» quarta-feira os seus 193 membros para analisar o conflito israleo-palestiniano na Faixa de Gaza, informou nesta segunda-feira um porta-voz da instituição, adiantando ser uma iniciativa dos países árabes.

O plenário deverá centrar-se nos relatos, através de vídeo-conferência, de vários responsáveis como a alta comissária para os Direitos Humanos, Navi Pillay, o chefe da agência da ONU de Auxílio aos Refugiados Palestinianos (UNRWA), Pierre Krahenbuhl, e o coordenador da ONU para o Processo de Paz do Médio-Oriente, Robert Serry, sem que esteja prevista qualquer votação ou deliberação.

Ao mesmo tempo, o grupo de países árabes continua a trabalhar, principalmente a partir do Cairo, na elaboração de uma resolução sobre a situação de Gaza, mas nenhuma data foi ainda definida para uma votação no Conselho de Segurança da ONU.