O príncipe Felipe de Borbón, futuro rei de Espanha, comprometeu-se esta quarta-feira a dedicar «todas as forças» a trabalhar com «esperança e apaixonadamente para servir os espanhóis» e a «querida Espanha», uma comunidade «unida e diversa».

De acordo com o jornal espanhol «El País», Felipe de Borbón falava em Leyre, na região de Navarra, na entrega do Prémio Príncipe de Viana da Cultura ao historiador Tarsicio de Azcona, onde compareceu com a futura rainha, Letizia, e onde proferiu o primeiro discurso desde o anúncio de que o pai, o Rei Juan Carlos, vai abdicar. Muito emocionado, o príncipe ficou com os olhos marejados de lágrimas quando se levantou para falar e foi aplaudido, de pé, pelo público.

«Vou respeitar o procedimento parlamentar iniciado e vou limitar-me a reiterar publicamente o meu empenho e convicção de dedicar todas as minhas forças, com esperança, para continuar apaixonadamente a fascinante tarefa de continuar a servir os espanhóis, a nossa querida Espanha», afirmou. «Uma nação, uma comunidade social e política, unida e diversa, com as suas raízes numa história milenária», acrescentou.

Comentando a decisão de abdicação, anunciada na segunda-feira pelo pai, Juan Carlos, Felipe de Borbón disse que as circunstâncias levam a que as suas primeiras palavras sejam proferidas em Navarra, «um dos solares originários da pátria espanhola».

A duas semanas de ser proclamado rei, Felipe de Borbón fez também um apelo à unidade.

«Em períodos de dificuldades como os que enfrentamos, a experiência de tempos passados plasmada na história ensina-nos que só unindo esforços, colocando o bem comum à frente dos interesses particulares e promovendo a iniciativa, a investigação e a criatividade de cada pessoa, conseguimos progredir em direção a cenários mais favoráveis. Este é o caminho que todos os responsáveis institucionais, agentes sociais e económicos, entidades e cidadãos, temos que percorrer para enfrentar de forma decisiva o futuro e expandir o campo de esperança que temos diante de nós», afirmou.

O príncipe Felipe fez ainda uma referência à filha mais velha, a infanta Leonor, que depois da abdicação do avô, assumirá todos os títulos do pai: princesa das Astúrias, de Girona, e também de Viana.

A presença do casal, Felipe e Letizia, na cerimónia em Leyre suscitou uma atenção mediática sem precedentes para o evento. A 25ª edição do prémio mais importante da região espanhola de Navarra contou mais de 150 jornalistas acreditados para a cobertura do evento.