Uma explosão esta quinta-feira em Beirute, no Líbano, fez pelo menos cinco vítimas.

O rebentamento do carro-bomba fez também mais de 20 feridos, segundo a BBC que cita fontes locais.

O atentado deu-se num subúrbio controlado pelo Hezbollah e atingiu a fachada de um edifício com grande densidade populacional, segundo a estação de televisão controlada por esta fação armada.

A capital do Líbano tem sido alvo de vários ataques relacionados com a tensão entre xiitas e sunitas potenciada pela guerra na Síria. Mohamad Chatah, antigo ministro e crítico do Hezbollah, foi morto num ataque na sexta-feira.

No entanto, o grupo armado não reclamou a autoria do atentado.