Pelo menos 20 pessoas ficaram nesta terça-feira feridas quando oficiais das forças de segurança venezuelana reprimiram uma manifestação pacífica de opositores ao Governo na cidade de Valência, 70 quilómetros a oeste de Caracas.

Os manifestantes caminharam apenas alguns metros pela Avenida Bolívar de Valência, quando oficiais da Polícia de Carabobo e da Guarda Nacional Bolivariana (polícia militar) dispersaram a marcha com tiros de borracha e bombas de gás lacrimogéneo.

Segundo várias testemunhas, o «ataque» provocou a debandada de manifestantes, que correram para se protegerem em edifícios próximos.