Pelo menos 16 soldados morreram e outros 30 ficaram feridos com a explosão de uma bomba à passagem de uma coluna militar no noroeste do Paquistão, foi anunciado.

«A explosão ocorreu muito perto da coluna tendo provocado a morte a 16 soldados e ferindo outros 30», disse à agência AFP uma alta patente militar paquistanesa.

Os talibãs paquistaneses assumiram a responsabilidade do ataque contra uma coluna militar que matou, pelo menos, 20 soldados segundo os últimos números oficiais.

«Assumimos a responsabilidade do ataque que é parte da nossa luta contra um sistema secular», disse Shahidullah Shahid, porta-voz do grupo numa declaração telefónica à agência AFP feita a partir de local desconhecido.

O mesmo responsável garantiu que que os talibãs «vão realizar mais ataques semelhantes no futuro».