Dois dias de chuvas intensas em Luanda, entre 13 e 14 de fevereiro, provocaram a morte de três pessoas e ferimentos numa outra, informou esta segunda-feira o Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros (SNPCB).

Segundo o porta-voz do SNPCB, Faustino Sebastião, a intervenção dos bombeiros salvou do afogamento cinco crianças, que se encontravam a brincar junto à vala do Kantintom, no distrito urbano da Maianga, em Luanda.

As chuvas registadas na última sexta-feira e sábado causaram ainda a queda de árvores, inundações em 289 residências e instituições públicas nos municípios de Cazenga, Viana, Belas, Cacuaco e nos distritos urbanos do Kilamba Kiaxi, Ingombota, Samba e Sambizanga, na capital angolana.

Em termos nacionais, na lista de ocorrências do SNPCB estão registados também o desabamento de 19 residências e uma igreja nos arredores do município de Saurimo, na província da Lunda Sul.