Uma mulher suicidou-se por imulação depois de um tribunal indiano ter condenado o seu violador a um pedido de desculpas.

De acordo com o Times of India, a vítima imolou-se na manhã seguinte à decisão do tribunal, contou o marido ao jornal.

Na segunda-feira, um vizinho entrou na casa do casal, onde se encontrava a mulher e os três filhos, e violou-a.

O marido, depois de saber o que aconteceu, quis fazer justiça pelas próprias mãos, mas foi convencido por outros vizinhos a levar o caso a tribunal.

O violador acabaria por ser julgado nessa mesma noite, mas foi punido com um pedido de perdão, que passa por «tocar a mulher nos pés».

O tribunal decidiu ainda que se o vizinho voltasse a violar a mulher teria de pagar à vítima uma multa de 25.000 rupias (cerca de 300 euros), sanção que o casal considerou igualmente humilhante.

O ministro dos Assuntos Sociais de Bengala, Sabitri Mitra, disse esperar que o violador seja detido em breve.