É o maior número «jamais registado para uma eleição ou referendo» na Escócia: perto de 4,3 milhões de eleitores estão inscritos para a votação no referendo sobre a independência da região, anunciou o Gabinete Eleitoral.

É este o organismo que se ocupará da contagem na noite de madrugada de 18 para 19 de setembro e precisa que o total de eleitores inscritos ascende a 4.285.323. Desses, 789.024 já votaram por correio.

Na consulta, têm direito a votar os residentes na Escócia maiores de 16 anos, incluindo cidadãos da União Europeia (UE), da Commonwealth (comunidade dos antigos territórios britânicos) e os membros expatriados das Forças Armadas, nota a Lusa.

Há mais de 300 anos que a Escócia foi anexada ao Reino Unido, mas pode estar prestes a divorciar-se se o «sim» ganhar. O referendo vai ter lugar no próximo dia 18 de setembro. Edimburgo está ao rubro, com as sondagens bem renhidas. Parece impossível prever o desfecho. E se a Escócia conseguir mesmo a independência?