O furacão Maria, que está a caminho das Caraíbas, é já de categoria 3, alerta o Centro de Furacões dos Estados Unidos, nesta segunda-feira. Ainda hoje deve atingir as Ilhas de Sotavento.

Neste momento, Porto Rico, que sofreu muito com a passagem do Irma, já declarou o estado de emergência.

O centro da tempestade está, neste momento, a cerca de 100 quilómetros de Martinica, com ventos que podem atingir os 195 km/h, e aproxima-se de Porto Rico, República Dominicana e Haiti.

Inicialmente, o furacão Maria estava classificado como categoria um, mas a intensidade foi revista entretanto.

O novo furacão está a percorrer mais ou menos o mesmo caminho do furacão Irma, que devastou a região este mês.

Já foram emitidos alertas em Guadalupe, Dominica, Saint Kitts and Nevis, Montserrat e Martinica.

Contudo, é também expectável que o furação Maria atinja Porto Rico, as Ilhas Virgens, Saint Martin, Saint Barthélemy, Saba, Saint Eustatius e Anguilla.

Algumas destas ilhas ainda estão a recuperar da passagem do Irma, o furacão de categoria cinco que matou mais de 70 pessoas e causou danos de mil milhões de dólares.

Maria está a mover-se para oeste-nordeste a uma velocidade de 20 quilómetros por hora.

Os preparativos para proteger a vida e a prosperidade devem ser rapidamente concluídos”, afirmou o Centro Nacional de Furacões.

O ponto mais a sul das Ilhas de Sotavento, que o furacão Maria atingirá primeiro, inclui Antígua e Barbuda.

Uma tempestade perigosa acompanhada por ondas grandes e destrutivas aumentará os níveis de água entre cinco a sete pés acima dos níveis normais de maré, perto de onde o centro do furacão Maria se move, ao longo das ilhas de Sotavento.”

Também está prevista uma precipitação potencial máxima de 51 centímetros, em algumas áreas das Ilhas de Sotavento, em Porto Rico e nas Ilhas Virgens, até à noite de quarta-feira.

As chuvas em todas estas ilhas podem causar inundações e deslizamentos de terra que ameaçam vidas.”