Um homem armado disparou aleatoriamente contra o público que assistia a um concerto, este domingo, na Áustria, provocando dois mortos e 11 feridos. A tragédia aconteceu na província mais ocidental do país, perto da cidade de Nenzing, durante um evento organizado por motociclistas de um clube local. O atirador suicidou-se.

Os disparos terão ocorrido após desentendimentos entre o atirador e a mulher. O indivíduo, de 27 anos, terá tido uma discussão com a companheira minutos antes de começar a disparar. De acordo com fontes policiais, citadas pelo jornal britânico The Guardian, os desacatos tiveram lugar num parque de estacionamento nas redondezas.

“Enfurecido”, o homem foi ao carro buscar uma arma, que depois usou para disparar aleatoriamente contra a multidão. Cerca de 150 pessoas assistiam ao concerto, que se realizava num espaço ao ar livre.

Depois, quando regressou ao parque de estacionamento, o homem suicidou-se. A mulher não teve ferimentos graves. 

Os 11 feridos foram transportados para o hospital de Nenzing.

Os meios de comunicação locais relataram que alguns feridos encontravam-se em estado grave, mas a porta-voz da polícia, Susanne Dilp, não confirmou esta informação. A responsável disse apenas que os ferimentos eram "diversos".