A junção dos dois políticos pode parecer improvável, mas foi concretizada esta quarta-feira, quando o comediante Jimmy Fallon se disfarçou de Donald Trump, entevistando Hillary Clinton por telefone, no último programa do Tonight Show. A Secretária de Estado entrou na brincadeira e aproveitou para lançar algumas críticas ao candidato democrata.

Hillary Clinton foi a convidada do último “Tonight Show” e o apresentador Jimmy Fallon resolveu voltar a fazer das suas, montando uma entrevista falsa à Secretária de Estado.

“Olá Hillary! Não te tenho visto desde o meu último casamento”, começou o apresentador.

“Bem, tenho a certeza que te vou ver no próximo”, respondeu Hillary Clinton, animada.


Hillary Clinton esteve sempre alegre durante o programa, algo que não passou despercebido, uma vez que a estratégia da política democrata tem passado por parecer mais natural e engraçada para contrariar os críticos que afirmam que tem sido sempre demasiado séria.

A visita ao programa permitiu também que pudesse fazer um pouco de campanha política e criticar o candidato à presidência norte-americana pelo seu partido.

Dois dos temas mais controversos da campanha de Donald Trump foram abordados e Hillary Clinton não perdeu tempo a fazer passar a sua mensagem. A Secretária de Estado afirmou que passou toda a “carreira a lutar pelos direitos das mulheres neste país”, pela igualdade de pagamento e pelos direitos de saúde e maternidade.

O momento alto da noite deu-se quando Jimmy Fallon, como Donald Trump, perguntou pela questão da imigração: “muro ou muro gigante?”.

“A América foi construída por pessoas que vieram para aqui, trabalharam de coração por uma vida melhor. Isso é o que muitos americanos estão a fazer no dia a dia. O seu sonho é tornarem-se cidadãos americanos”, respondeu prontamente Hillary.


A Secretária de Estado dos EUA ultimamente tem aparecido mais vezes na televisão americana. Na semana passada, Hillary Clinton foi entrevistada por Ellen Degeneres.