A aspirante a candidata democrata à Casa Branca, Hillary Clinton, colocou a defesa do direito ao aborto no centro da campanha, afirmando que o republicano Donald Trump é um inimigo dos direitos das mulheres.

Hillary Clinton falava na sexta-feira, em Washington, em frente à sede política da organização norte-americana Planned Parenthood.

"Quando Donald Trump diz que quer devolver a grandeza à América, é uma linguagem codificada que significa: arrastemos a América para trás, a uma época em que o aborto era ilegal", declarou.