Dois atentados suicidas fizeram, esta quinta-feira, 37 mortos, nos subúrbios de Beirute, no Líbano, num bairro fortaleza do Hezbollah. Os números são avançados pelo Ministério do Interior libanês. A Cruz Vermelha fala também em pelo menos 181 feridos.
 
De acordo com as autoridades policiais, citadas pela imprensa internacional, os dois homens circulavam a pé, diante de um centro comercial, quando fizeram explodir, com sete minutos de intervalo, os cintos explosivos.
 
Um terceiro kamikaze foi morto por uma das outras duas explosões, antes de se fazer detonar, disse o ministro do Interior libanês, Nouhad Machnouk.