Os destroços do helicóptero militar norte-americano que estava desaparecido no Nepal desde terça-feira, quando prestava assistência às vítimas dos sismos, foram localizados a 80 quilómetros de Katmandu, anunciou o Governo nepalês, nesta sexta-feira.
 
Junto ao aparelho estavam três corpos, mas o secretário de Estado da Defesa, citado pela agência Associated Press, não divulgou a nacionalidade das vítimas.
 
Sabe-se que o helicóptero transportava seis “marines” e dois soldados nepaleses quando prestava ajuda humanitária na região de Charikot, uma das mais atingidas pelo sismo de terça-feira. Perdeu o contacto depois de descarregar arroz e lonas num dos pontos de abastecimento.

Após intensos dias de buscas pelo exército nepalês, tanto por ar como por terra, os Estados Unidos vão agora enviar uma equipa de resgate para avaliar os destroços e determinar se se trata do helicóptero desaparecido, o UH-1 “Huey”.
 
Fontes oficiais dizem que um helicóptero indiano que estava no ar na mesma altura escutou via rádio um possível problema de combustível no "Huey".