O Presidente afegão, Hamid Karzai, criticou o momento «inadequado» do homicídio do líder talibã paquistanês Hakimullah Mehsud pelos Estados Unidos e manifestou esperança que o caso não prejudique os esforços regionais de paz.

Karzai falava a uma delegação do Congresso norte-americano e sublinhou que o «ataque aconteceu num momento inadequado», embora tenha manifestado esperança que o resultado do processo de paz não seja colocado em causa, refere uma nota da Presidência afegã divulgada na noite de domingo.

O líder talibã paquistanês foi morto sexta-feira num ataque de um avião não-tripulado dos Estados Unidos nas regiões tribais do noroeste do Paquistão.