As autoridades da província chinesa de Guangdong, adjacente a Macau e Hong Kong, anunciaram esta quinta-feira o terceiro caso humano de gripe aviária H7N9 esta semana, advertindo que a gripe está a entrar na fase de maior incidência.

Um homem de 56 anos, residente na cidade de Zhaoquing e que está hospitalizado em estado crítico é a terceira pessoa na província identificada com o vírus, revelaram as autoridades provinciais de saúde citadas pela agência oficial Xinhua.

Na segunda e terça-feira, as autoridades de Guangdong tinham revelado os dois primeiros casos de gripe das aves identificada em humanos.