A polícia espanhola divulgou pela primeira vez uma lista dos 10 criminosos mais procurados, num apelo internacional por informações que possam conduzir à sua detenção.

São nove homens e uma mulher e incluem apenas dois espanhóis. São alvos de mandados de detenção por crimes que vão de homicídio a tráfico de droga, abuso sexual ou, no caso de um suspeito italiano, identificado como «lugar-tenente de um chefe da mafia napolitana».

«Com a difusão internacional desta lista a Guardia Civil pretende pedir a colaboração tanto das polícias de outros países como dos cidadãos dos mesmos», dizem as autoridades espanholas em comunicado.