A fotografia foi tirada este domingo, quando Varoufakis viajava de Paris, onde se encontrou com o titular da pasta das Finanças francês, Michel Sapin, para Londres, onde vai reunir-se com o seu homólogo britânico, George Osborne.

 

De França, o ministro grego levou a garantia de que este parceiro de peso admite que «a dívida é um problema» e que será possível aliviá-la. Por seu lado, Varoufakis assegurou que Atenas não atuará unilateralmente.

O Reino Unido, apesar de não fazer parte do euro, é considerado outro parceiro de elevado interesse.

O ministro das Finanças britânico, George Osborne, já disse que está muito satisfeito por receber Yanis Varoufakis para que possam discutir «a estabilidade da economia europeia e como aumentar o seu crescimento».

Já esta segunda-feira, o «El País» avança que a Comissão Europeia poderá terminar com a troika para agradar à Grécia, desde que o governo de Alexis Tsipras cumpra os compromissos já assumidos pelo país.

Outra boa notícia para os gregos é o facto de a Bolsa de Atenas estar a subir, ao contrário dos tombos da semana passada.