Dois naufrágios, ocorridos esta sexta-feira, na costa grega, fizeram, pelo menos, 42 mortos, até ao momento, de segundo o último balanço da guarda costeira, noticiado pela Reuters.

As operações de busca e salvamento estão em curso, já que há dezenas de desaparecidos, de acordo com a informação prestada pelos sobreviventes. Há um helicóptero a sobrevoar as águas e vários meios marítimos.

Separados por pouco tempo, dois barcos de madeira afundaram-se quando tentavam chegar à Grécia. No primeiro acidente, às primeiras horas da madrugada desta sexta-feira, a embarcação naufragou ao largo da ilha de  Farmakonissi, no mar Egeu, após embater numas rochas. Quarenta e oito pessoas conseguiram chegar à costa e uma criança foi salva. A guarda costeira recuperou sete corpos das águas: seis crianças e uma mulher, de acordo com a AFP. 

A segunda embarcação virou-se perto da ilha de Kalolimnos. Do barco que transportava um número indeterminado de pessoas, 26 foram salvas até ao momento. As autoridades já recuperaram 34 corpos, incluindo onze os de crianças. 

Um outro naufrágio, na quinta-feira, já tinha vitimado 12 pessoas perto da Grécia. Segundo a Organização Internacional das Migrações, 77 pessoas já perderam a vida desde 1 de janeiro, ao tentar alcançar a costa europeia.