A polícia inglesa iniciou uma investigação sobre a distribuição no metro de Londres de cartões que transmitem mensagens de ódio contra pessoas gordas. A insólita ideia partiu de um grupo que se autodenomina de “Overweight Haters Ltd”, em português, ódio contra que tem excesso de peso, escreve a imprensa britânica. 

O caso está a suscitar repulsa e já chegou às redes sociais. Várias pessoas, que viram os cartões a serem entregues a passageiros com excesso de peso, dizem que as a mensagens estão a ser difundidas por um grupo que “odeia e se ressente de pessoas gordas.”
 
O grupo, que tem atuado em estações de metropolitano, opõe-se à “enorme quatidade de recursos alimentares que as pessoas gordas consomem, enquando metade do mundo morre de fome.” Dizem ainda que estas pessoas "estão a gastar os recursos do NHS, Serviço Nacional de Saúde, e que não é por comerem menos que se vão tornar mais bonitas e atraentes."

Uma outra pessoa disse ter visto um dos elementos do grupo a entrar num comboio na estação de Oxford Circus e a entregar um dos cartões a uma mulher, dizendo-lhe: “Está gorda”. De seguida, saiu da carruagem, deixando a mulher em lágrimas. A British Transport Police já decidiu recorrer ao Twitter, afirmando que tem conhecimento dos casos e pede a quem tenha recebido as mensagens para entrar imediatamente em contato com a polícia.
 

"Todos os nossos clientes têm o direito de viajar com confiança, e esta forma triste e desagradável de comportamento anti-social não será tolerado.",  disse Steve Burton, diretor na Transport of London, empresa que gere os transportes de Londres.


A empresa está a incentivar os passageiros que presenciaram as situações para contatar os funcionários da estação, ou a polícia.