Sem-abrigo desde 2005, Glen James encontrou uma mala com 31 mil euros, este sábado, à porta da loja TJ Maxx em Boston, EUA, e entregou-a à polícia, avança a «ABC». A polícia procurou o dono da mochila, que também continha um passaporte, e encontrou um jovem chinês, estudante na cidade.

O ato do sem-abrigo foi enaltecido pela polícia e James foi homenageado esta segunda-feira com um presente de 12 mil euros arrecadado através de uma campanha da polícia.

O comissário da Polícia de Boston, Edward Davis, agradeceu a James pelo seu «extraordinário caráter e honestidade» durante a conferência de imprensa que homenageou James esta segunda-feira.

Glen James recusou discursar e expressou a sua gratidão através de um comunicado.

«É muito bom ter dinheiro num bolso para que não me sinta completamente perdido durante todo o tempo», afirmou James.

No entanto, não foram só as autoridades que ficaram comovidas com a atitude do sem-abrigo, que garantiu à polícia que «nunca ficaria com um cêntimo do dinheiro que encontrou». Horas depois de a sua identidade ter sido tornado pública, foi criada uma campanha online para angariação de dinheiro para Glen James. O mentor da campanha foi Ethan Whittington, um completo desconhecido, que criou a página GoFundMe.com e já arrecadou 84 mil euros, sendo que o objetivo é atingir os 190 mil euros.

«Quero deixar a mensagem de que o céu é o limite enquanto as pessoas se ajudarem umas às outras», afirmou Whittington, com quem James falou ao telefone.

A messagem de Whittington chegou a várias pessoas, incluindo uma família em que as crianças doaram 140 euros das suas mesadas para a causa.

«Eu queria dar-lhe uma casa, mas era muito cara, então decidi dar-lhe dinheiro», afirmou uma das crianças.

As doações para a causa variam entre três e 370 euros. Esta quinta-feira, mais de 75 mil euros tinham sido doados por quatro mil pessoas. A meta inicial eram 38 mil euros.

«Pensei, ele encontrou cerca de 42 mil dólares, vamos dar-lhe 50 mil. Não esperava o que recebemos. Estou extasiado», revelou Whittington à «NBC News».