«Vários anos antes de obter sua licença de piloto, o copiloto esteve submetido a um longo período de tratamento psicoterapêutico com tendências suicidas percetíveis»



Lubitz estava a receber tratamento psiquiátrico

copiloto interrompeu a formação na escola da Lufthansa, em 2009, devido a um síndroma depressivo

problema de visão



copiloto escondeu da entidade patronal que devia estar de baixa no dia do acidente

foi impedido de voltar a entrar pelo copiloto

copiloto acionou deliberadamente o processo de descida do avião

acreditam que já encontraram restos mortais do copiloto