Pelo menos 16 combatentes, entre os quais um alto responsável da Frente Al-Nusra, braço sírio da Al-Qaeda, foram mortos esta quinta-feira durante um ataque aéreo, indicou o Observatório dos Direitos Humanos sírio.

Segundo a organização não-governamental, pelo menos 60 raides aéreos atingiram o aeroporto militar de Abu Duhur, na província de Idleb.

O observatório não conseguiu precisar se o raide aéreo foi feito pelas forças armadas sírias, russas ou pela coligação internacional liderada pelos Estados Unidos.