O ex-Presidente francês Nicolas Sarkozy vai voltar a candidatar-se às eleições presidenciais em 2017. A notícia é avançada pelo próprio, esta segunda-feira, nas contas oficiais do Twitter e do Facebook.

Nicolas Sarkozy, 61 anos, atual líder do partido de centro-direita Les Républicains, perdeu as eleições de 2002 contra o agora pouco popular François Hollande.

“Decidi candidatar-me às eleições presidenciais de 2017. A França merece que lhe deem tudo. Senti que tinha a força para liderar esta batalha numa época atribulada da nossa História", escreve o ex-chefe de Estado no Facebook.

Sarkozy acrescenta que “os cinco próximos anos fazem temer todos os perigos, mas também abrem portas a todas as esperanças”.

Nicolas Sarkozy anuncia que é candidato às eleições presidenciais francesas num livro intitulado “Tout pour la France” (Tudo pela França, numa tradução literal). De acordo com o jornal francês Le Figaro, a obra chega às livrarias na próxima quarta-feira.

Os militantes do partido Les Républicains votam em novembro para decidir quem será o candidato do partido às presidenciais, marcadas para 23 de abril e 7 de maio de 2017. Para ser candidato às presidenciais, o dirigente terá de abdicar da liderança do partido até ao dia 9 de setembro de 2016.

Nicolas Sarkozy, que foi Presidente da França entre 2007 e 2010, já tinha por várias ocasiões sugerido que poderia voltar a candidatar-se ao Eliseu.

Alain Juppé, ex-primeiro-ministro e atual presidente da Câmara de Bordéus, é considerado um rival de peso de Sarkozy nas primárias do partido.