Uma mulher, na casa dos 50 anos de idade, foi detida pela polícia após tirar uma fotografia com a sua filha, de 14 anos, onde ambas surgem seminuas, numa banheira. O caso aconteceu no Missouri, Estados Unidos.

A mulher, cuja identidade não foi divulgada, pode ser condenada a um ano de prisão pelo crime de colocar em perigo o bem-estar de uma menor, escreve o site de informação brasileiro «Terra», que cita os media locais.

Na imagem, mãe e filha, adolescente, surgem numa banheira de hidromassagem exterior, cobrindo o peito. A fotografia teria sido tirada por outra filha, de 13 anos. A imagem acabou por ser divulgada através de uma aplicação de mensagens e divulgada em diversas escolas da região onde moram.

Ainda não é claro qual das adolescentes divulgou a fotografia, mas esta acabou nos telemóveis de muitas pessoas, residente no Condado de Charles, através do Snapchat.

Outro filho já terá sido ridicularizado, o liceu onde estuda, por causa da imagem.

De acordo com o procurador responsável pelo caso, Tim Lohmar, não há dúvidas de que, neste caso, «a mãe estava presente e envolvida na foto com a filha de 14 anos». Mas este vai mais longe e considera que a imagem «foi pousada e tem cariz sexual».

Já a mãe, quando foi ouvida pela polícia garantiu que «estava ciente que a fotografia tinha sido tirada e pediu, de imediato, para que esta fosse apagada». Acrescentou ainda que não pousou para a fotografia e «estava a sair da banheira».