As 400 pessoas mais ricas dos Estados Unidos têm uma riqueza conjunta equivalente ao produto interno do Brasil, país com 200 milhões de habitantes e uma das economias mais emergentes a nível mundial. Os dados são avançados pela revista Forbes que publicou, esta segunda-feira, a lista dos norte-americanos mais ricos.

A fortuna conjunta dos 400 norte-americanos mais ricos é de 2,29 biliões de dólares (1,8 biliões de euros), um valor que subiu cerca de 10% face ao ano passado.

O aumento da riqueza entre os mais ricos é, de resto, uma das razões pelas quais é cada vez mais difícil entrar para esta elite: o requisito mínimo é ter 1220 milhões de euros - o valor mínimo mais elevado desde que a Forbes começou a elaborar os raankings, em 1982. Caso o nível de riqueza se tivesse mantido igual ao de 2013, a lista teria de abranger 513 membros.

No topo da lista, figura o fundador da Microsoft, Bill Gates, pelo 21º ano consecutivo, com uma fortuna avaliada em 81 mil milhões de dólares (cerca de 63 mil milhões de euros).  O especulador financeiro e  Presidente da Berkshire Hathaway,  Warren Buffett, ocupa o segundo lugar com 52 mil milhões de euros e Larry Ellison, que deixou recentemente a presidência da multinacional Oracle, fecha o pódio com 39 milhões de euros.

Ser fundador de uma grande empresa tecnológica é, mais uma vez, uma tendência entre os multimilionários dos Estados Unidos.   Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, registou uma das maiores subidas na tabela graças à valorização das ações da rede social mais famosa do mundo. Agora, com 34 mil milhões de dólares (26 mil milhões de euros), ocupa o 11º lugar da lista.

Mas a maior subida de todas foi a de Nick Woodman, o criador das câmaras GoPro, que viu a sua riqueza aumentar 200% para 3700 milhões de dólares (2900 milhões de euros).

Dustin Moskovitz, outro dos criadores do Facebook, ou Jan Koum, fundador do WhatsApp também integram a lista e fazem parte dos grupo de 11 multimilionários que  tem menos de 40 anos. 

No caso das mulheres, apenas 47 têm uma riqueza ao nível destes padrões. A mais rica é Christy Walton, a viúva de um dos herdeiros das cadeias de supermercados Walmart, que ocupa o sexto lugar com quase 38 mil milhões de dólares (quase 30 mil milhões de euros).