O número confirmado de mortos no naufrágio de um "ferry" ao largo da Coreia do Sul ultrapassou, esta segunda-feira, os 120, enquanto os mergulhadores prosseguem as buscas para resgatar 180 desaparecidos, na maioria estudantes do ensino secundário.

Um mar calmo e melhores condições atmosféricas permitiram hoje acelerar as buscas, mas a visibilidade na água continua reduzida.

Os mergulhadores avançam às cegas no labirinto de corredores e cabines do "ferry" totalmente submerso.