Cientistas estimam que a probabilidade da ocorrência do fenómeno meteorológico extremo El Niño entre outubro e dezembro está entre 75% e 80%, comunicou esta quinta-feira a Organização Meteorológica Mundial (OMM).

A probabilidade que se produza antes, no terceiro trimestre do ano, é menor e está nos 60%.

O fenómeno El Niño está associado a secas e inundações à escala regional em diferentes partes do mundo, e produz um aumento da temperatura média na superfície do oceano, particularmente na zona central e oriental do Pacífico tropical.