Prova feita, o pivot da TV australiana quis demonstrar que as mulheres são constantemente alvo de críticas e de um escrutínio grande por parte da opinião pública. Karl Stefanovic saiu, com esta revelação, em defesa da sua colega e coapresentadora do programa «Today» que, por várias vezes, foi comentada pelas escolhas de guarda-roupa.

«Eu sou julgado pelas entrevistas que faço, pelo meu sentido de humor, no fundo, por aquilo que faço no meu trabalho. As mulheres são julgadas muitas vezes por aquilo que vestem e pelo penteado».

O apresentador fez a experiência durante um mês e, como ninguém notou, resolveu continuar. Até um ano.

O «Sydney Morning Herald» acrescenta que a atitude de Karl Stefanovic teve um grande impacto nas redes sociais, com mensagens que apoiam o seu ponto de vista.