Três jovens moçambicanos morreram, na segunda-feira, depois de terem acidentalmente provocado a explosão de uma granada de morteiro, quando tentavam extrair mercúrio do engenho explosivo, informou hoje o Instituto Nacional de Desminagem de Moçambique.

O acidente ocorreu na região de Bela Vista, distrito de Matutuíne, na província de Maputo, após os três jovens terem, segundo o Instituto Nacional de Desminagem (IND), encontrado o engenho explosivo naquela região, onde foram colocadas muitas minas antipessoais durante a guerra civil moçambicana [1976-1992].

Segundo o IND, a explosão da granada de morteiro deu-se quando os jovens procuravam extrair mercúrio do engenho, com intuito de comercializar o metal líquido.