Baterias antiaéreas do Exército sírio intercetaram vários projéteis lançados pela aviação israelita perto de Damasco, informou esta terça-feira a agência de notícias oficial SANA.

Israel disparou vários mísseis contra uma posição militar nos arredores da capital da síria sendo que a defesa antiaérea de Damasco respondeu destruindo três projéteis, refere a SANA que cita uma fonte militar.

Os disparos ocorreram às 23:30 de segunda-feira (21:30 em Lisboa).

Também o Observatório Sírio dos Direitos Humanos indica que vários aviões de combate israelitas dispararam contra a zona de Yamaraya, onde está localizado um centro de investigação científica, nos arredores de Damasco.

De acordo com a organização não-governamental com sede em Londres o bombardeamento israelita coincidiu com os disparos das baterias antiaéreas das Forças Armadas sírias.

No sábado, Israel disparou vários mísseis contra posições das forças governamentais sírias, no sudeste de Damasco, que foram intercetados pelo sistema de defesa antiaérea.

Na altura, a imprensa de Israel referia que o ataque teve como alvo uma base militar que está a ser edificada pelo Irão, próximo de Damasco