Uma menina britânica de quatro anos pediu à mãe para cortar o cabelo e entregá-lo a uma instituição que fabrica perucas para crianças que perderam o cabelo por causa dos tratamentos contra o cancro ou de outras doenças. Evie-Leigh Austin, que é fã da princesa Rapunzel da Disney, queria que as outras meninas «se sintam princesas» como ela, argumentou.

Evie-Leigh, que vive em Burnley, Inglaterra, doou cerca de 35,5 centímetros do seu cabelo ao fundo Little Princess, que cria perucas para crianças. Mas foi mais longe: lançou uma angariação de fundos no site JustGiving para o fabrico de mais perucas, já que cada um custa mais de 400 euros, apesar de ser gratuita para o doente que a vai receber.



Até agora, Evie-Leigh conseguiu 183 donativos, num total de 1147 libras (cerca de 1800 euros), três vezes mais do que esperava.

A menina convive com a realidade do cancro diariamente, já que o avô tem a doença em fase terminal. Mas o que a comoveu verdadeiramente foi perceber que meninos como ela também ficavam doentes.