O Governo dos Estados Unidos da América acusou oficialmente a Rússia por ataques informáticos recentes contra pessoas e instituições norte-americanas com o objetivo de interferir nas eleições presidenciais de 8 de novembro.

Num comunicado conjunto, divulgado na sexta-feira, o Departamento de Segurança Nacional e o diretor da Inteligência Nacional dizem que os EUA têm a certeza de que "o Governo russo dirigiu" recentemente ataques informáticos a correios eletrónicos de pessoas e instituições norte-americanas, "incluindo organizações políticas".

A publicação de ‘emails’ pirateados por sites como DCLeaks.com e Wikileaks, ou o 'hacker' identificado como Guccifer 2.0, "são coerentes com os métodos e motivações de esforços dirigidos pelos russos", acrescenta a mesma nota.