O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, chega este domingo a Seul para uma visita de dois dias marcada pela crescente ameaça militar norte-coreana e receio de instabilidade pela mais recente "purga" atribuída ao regime de Kim Jong-un.

John Kerry, que deverá aterrar na capital sul-coreana este domingo à tarde, num voo proveniente de Pequim, vai encontrar-se na segunda-feira com o homólogo Yun Byung-se, para debater assuntos relacionados com a aliança bilateral, Coreia do Norte e nordeste da Ásia, informou este domingo o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Sul.

De acordo com a agência Efe, espera-se que ambos abordem a situação de segurança na península coreana depois de a Coreia do Norte ter anunciado o primeiro teste de um míssil balístico a partir de um submarino, e após a alegada execução do ministro da Defesa do regime de Pyongyang.