Uma mulher norte-americana foi encontrada, este domingo, depois de duas semanas desaparecida no deserto do sul do Estado da Califórnia, EUA, onde se perdeu com o seu marido, que acabou por não sobreviver.

Segundo o “The Guardian”, a mulher, Dianna Bedwell, 68 anos, e o corpo do marido, Cecil Knutson, 79, foram encontrados perto de um acampamento de escuteiros na reserva indiana “Los Coyotes”, a 105 quilómetros de San Diego, um local de difícil acesso. A mulher encontrava-se dentro do carro, e corpo do marido ao lado do veículo.

O casal foi visto pela última vez a sair do casino Valley View, em Valley Center, a cerca de 40 quilómetros do local onde foram encontrados. Eram esperados em casa de um filho em Palm Springs, mas nunca apareceram. A mulher contou que durante a viagem tentaram fazer um atalho, mas acabaram por se perder.

“Estavam muito longe da área onde procurámos. Ficámos surpresos que o carro onde seguiam, um ligeiro, conseguiu chegar até ali. É [uma área] tão rural que só os conseguimos encontrar após duas semanas”, disse o tenente Ken Nelson.


Bedwell contou às autoridades que sobreviveu a beber água da chuva e a comer laranjas e uma tarte que tinha no carro, mas foi incapaz de especificar há quantos dias o marido tinha morrido.

Knutson e Bedwell foram ambos condutores de autocarros escolares, e estavam casados há 25 anos.