Quatro crianças desnutridas e sem saberem falar foram resgatadas pela polícia norte-americana numa casa em Denver, nos EUA. De acordo com o «Denver Post», as crianças foram encarceradas pelos próprios pais.

De acordo com a mesma fonte, os menores não sabiam comunicar a não ser por grunhidos e viviam entre fezes humanas, de gatos, urina e mosca. Existe ainda a suspeita de que as crianças foram abusadas fisicamente.

Os pais, W. Sperling, de 66 anos, e L. Bailey, de 35 anos, foram acusados de quatro crimes de abuso infantil grave. As crianças, de dois, quatro, cinco e seis anos foram colocadas pelo instituto de proteção de menores norte-americano em lares de acolhimento.

Segundo as autoridades, o pai estava a tentar obter um certificado que lhe permitisse ensinar os filhos em casa e afirmou à polícia que «a casa não estava assim tão suja».