Os Estados Unidos saudaram hoje o acordo de governo de união feito pelos dois candidatos presidenciais no Afeganistão, considerando que é «uma oportunidade importante para a unidade».

«Assinar este acordo político ajuda a pôr um fim na crise política afegã e restaura a confiança no futuro», afirmou o porta-voz da Casa Branca, John Earnest, numa declaração.

«Apoiamos este acordo e estamos preparados para trabalhar com a próxima administração para garantir o seu sucesso», garantiu ainda o responsável.

Aimal Faizi, porta-voz do presidente afegão cessante, Hamid Karzai, avançou a informação sábado, através da rede social Twitter. «Os dois candidatos deverão assinar no domingo um acordo para a estrutura da União Nacional», escreveu.





Os dois homens que concorreram à sucessão de Hamid Karzai e, agora, chegaram a acordo, são Ashraf Ghani e Abdullah Abdullah.