Os republicanos Ted Cruz e John Kasich uniram esforços para tentar travar Donald Trump na corrida à Casa Branca. Cruz e Kasich chegaram a acordo para tentar impedir que o multimilionário consiga os 1237 delegados necessários para a nomeação pelo Partido Republicano, antes da convenção de julho.

O senador do Texas, Ted Cruz, vai centrar recursos para obter o maior número possível de delegados no estado norte-americano do Indiana.

Já o governado do Ohio, John Kasich, vai concentrar-se nos estados do Oregon e Novo México.

Donald Trump lidera atualmente a corrida republicana nestas primárias, com 846 delegados, enquanto Cruz tem 563 e Kasich 147.

O magnata do imobiliário é o único que tem condições de vencer a nomeação antes da convenção do partido, que se realiza em julho, em Cleveland.