Pelo menos 29 pessoas morreram este sábado, entre as quais sete menores, e dezenas ficaram feridas por bombardeamentos de aviões de guerra na periferia da cidade síria de Deir al Zur, onde o grupo terrorista Estado Islâmico lançou uma ofensiva.

A informação foi divulgada pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A Organização Não Governamental (ONG) afirmou que aviões, que não se sabe se eram da Rússia ou do regime sírio, efetuaram vários ataques contra a povoação de Jasham, nas imediações de Deir al Zur.