A coligação contra o grupo extremista Estado Islâmico, liderada pelos Estados Unidos, anunciou esta terça-feira ter cortado a estrada usada pelos jihadistas entre a Síria e o Iraque, na região de Tall Hamis, nordeste do território sírio.

«As forças anti Estado Islâmico (EI) apoiadas por ataques aéreos (…) conquistaram uma área fundamental a semana passada perto de Tall Hamis», referiu em comunicado a coligação.

O grupo extremista Estado Islâmico já «não tem liberdade de movimento na região», e a operação ajudou também a reduzir as «vias de comunicação utilizadas pelo EI para enviar homens e equipamentos para o Iraque para Taf Afar e Mossoul», refere.