Os aviões australianos que apoiam a coligação internacional na sua luta contra o grupo Estado Islâmico realizaram os primeiros bombardeamentos aéreos na Síria, indicou esta quarta-feira o ministro da Defesa, Kevin Andrews.

Na Síria realizaram-se três bombardeamentos aéreos com a participação da Austrália contra um local de recolha de petróleo, uma unidade tática do Estado Islâmico e um veículo armado de transporte de tropas, segundo um comunicado do Comando Central das forças militares norte-americanas, citado pela emissora ABC.

Segundo a mesma fonte, foram também realizados outros 15 bombardeamentos no Iraque.

Por sua vez, o ministro da Defesa da França, Jean-Yves Le Drian, disse hoje que o país vai realizar os seus primeiros ataques aéreos ao grupo estado islâmico na Síria “nas próximas semanas”.

A força aérea francesa tem levado a cabo missões de reconhecimento na Síria desde 08 de setembro, e os ataques vão seguir “nas próximas semanas, assim que tenhamos alvos claramente identificados”, disse Le Drian à rádio France Inter.