O presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN), Carlos Lage, felicitou este domingo Alberto Feijóo pela vitória do Partido Popular (PP) nas eleições autonómicas da Galiza, reafirmando o empenhamento nas relações entre as duas regiões, escreve a Lusa.

«A Junta da Galiza e Alberto Feijóo poderão contar com o mesmo entusiasmo, disponibilidade e empenhamento do Norte, da CCDRN e do seu presidente nas boas relações de colaboração e cooperação», referiu Carlos Lage.

Quatro anos depois

A declaração surge na sequência da vitória do PP, com maioria de deputados, que fará os populares regressarem ao poder na Galiza, depois de quatro anos em que o governo foi liderado pela coligação entre socialistas e nacionalistas.

Cerca de 2,6 milhões de eleitores galegos estavam inscritos para as eleições deste domingo, que, segundo os últimos resultados conhecidos, deram ao PP uma maioria absoluta no Parlamento da Galiza.

Com esta vitória, os populares regressam ao poder ao fim de quatro anos na oposição, depois de terem vencido o anterior acto eleitoral sem maioria, acabando o governo por ser formado por uma coligação entre socialistas e nacionalistas.

Carlos Lage desejou «os melhores sucessos» a Alberto Feijóo, elogiou a elevada participação dos eleitores, que atingiu 69,5 por cento, mas também se referiu ao socialista Emílio Pérez Tourino, que liderou até agora a Junta da Galiza.

«Foi sempre um entusiasta e um impulsionador das relações de cooperação entre a Galiza, o Norte e Portugal», frisou o presidente da CCDRN, acrescentando que Tourino «deu um forte contributo na defesa do projecto euro-regional».

Bom relacionamento

Apesar da mudança no partido no poder na Galiza, Carlos Lage manifestou a certeza de que o bom relacionamento se manterá, frisando que os laços entre as duas regiões estão «acima de lógicas ou combinações partidárias ou pessoais, apesar da importância das vontades individuais das lideranças políticas no seu avanço».

Nesse sentido, manifestou «a expectativa de que as relações que se estabelecerão com o novo governo galego possam garantir a continuidade e o incremento das apostas conjuntas».

«Apostas conjuntas»

Entre essas «apostas conjuntas» da Galiza e do Norte de Portugal encontram-se projectos como a ligação de alta velocidade entre Porto e Vigo e o Observatório do Meio Marinho.

A instalação do Agrupamento Europeu de Cooperação Transfronteiriça (AECT), o primeiro a nível ibérico e o terceiro na União Europeia, é outro dos projectos conjuntos que o presidente da CCDRN quer ver concretizado.

O processo de arranque do AECT celebrado em Setembro entre a Galiza e o Norte de Portugal sofreu vários atrasos devido às eleições na Galiza, faltando a indicação pela Junta da Galiza do nome do vice-director.