Um Porsche foi esta quarta-feira apanhado a 218 quilómetros na autoestrada espanhola que liga Madrid a Toledo.

O carro foi detetado pelo radar de controlo da velocidade instalado num helicóptero, na zona de Seseña.




Quando foi mandado parar pela Guardia Civil, a polícia verificou que no carro de matrícula francesa seguia uma criança de oito anos sem sistema de retenção (cinto ou cadeira).

O condutor arrisca agora uma pena de prisão e o pagamento de uma multa ou a sua conversão em trabalho comunitário. O automobilista também deve ficar inibido de conduzir, numa pena que pode ir de um a quatro anos, de acordo com a agência EFE.