Os principais cartoonistas da mais conhecida revista espanhola de sátira política, «El Jueves», demitiram-se em protesto contra a censura da capa inicialmente prevista para a edição desta semana, que era dedicada à monarquia.

Entre os demissionários está Manel Fontdevila, o autor da capa censurada - que mostrava o rei Juan Carlos, com uma mola a apertar o nariz, a colocar uma coroa malcheirosa no seu filho Felipe.







Mais de 60 mil exemplares da revista com essa capa - que chegou a ser distribuída pelo canal twitter da «El Jueves» - foram retirados e a revista acabou por chegar aos quiosques, um dia mais tarde do que o normal, com uma capa dedicada a Pablo Iglesias, líder do movimento Podemos.