A polícia japonesa deteve esta segunda-feira um homem, de cerca de 40 anos, suspeito de ter esfaqueado até à morte cinco pessoas numa residência na cidade de Sumoto, na prefeitura de Hyogo, no oeste, informou a televisão pública NHK.

O incidente ocorreu por volta das 07:00 locais (22:00 de domingo em Lisboa) quando o homem, um vizinho identificado como Tatsuhiko Hirano, supostamente apunhalou cinco pessoas que se encontravam em casa.

Após receber um aviso dando conta de que «mais de uma pessoa» tinha sido esfaqueada, a polícia deslocou-se ao local, tendo detido o suspeito.

Três das vítimas morreram no local, enquanto as outras duas foram transportadas, inconscientes, para o hospital, onde acabariam por perecer.

O homem, cuja roupa estava coberta de sangue, não fez qualquer comentário aquando da detenção, segundo disse a polícia à agência noticiosa Kyodo.